Crítica de Filme: Confiar

12.12.11
FILME - Confiar

Ficha técnica
Direção:David Schwimmer

Elenco: Catherine Keener, Clive Owen e Liana Liberato
Nome Original:Trust
Duração:105 minutos
Ano: 2012
País: E.U.A

Sem dúvida alguma era um filme que eu queria muito assistir e estou feliz por enfim poder comenta-lo com vocês. Eu acabei de o assistir e já estou fazendo a minha crítica. 
Clique em leia mais e veja a história do filme e minhas impressões sobre ele.


Charlie e Annie

O tema central do filme é o relacionamento de Annie com "Charlie". Annie é uma adolescente completamente comum que vive na internet, tem seus medos e aquela coisa de se achar feia, comum entre meninas de sua idade, que por sinal é apenas 14 anos. Annie vê sua vida dar uma reviravolta imensa quando começa a se envolver com Charlie um rapaz "inteligente e fofo" de apenas 16 anos. Com um tempo a mais de conversa ela começa a descobrir mais coisas sobre Charlie, mas mesmo sabendo que ele havia mentido sobre muitos aspectos de sua vida, Annie já estava apaixonada e se sentia dependente por Charlie, então resolve marcar um encontro com ele. Nesse encontro ela descobre Charlie era muito mais velho do que ele havia lhe dito e isso a assusta um pouco, mas não o suficiente para fazê-la desistir do encontro. Ao final de tudo Annie está tendo sua primeira vez em um quarto de motel com um desconhecido que ela achava se chamar Charlie e que havai menti sobre cada detalhe de sua vida. Annie volta para casa e tenta seguir normalmente sua vida, mas o afastamento de Charlie a faz literalmente surtar, seu comportamento estranho faz sua amiga Britney se preocupar, e então ela faz algumas perguntas... assustada com as respostar Britney chama a policia e ai começa a trama do filme. A busca pelo estuprador "Charlie". Annie não se conforma afinal para ela, ele a amava. Policia e FBI correm atras de Charlie surgem muitas investigações, Annie sofre por ver ser amado cada vez mais distante, briga com sua família quando enfim Annie descobre que o que Charlie fez com ela já havia feito com outras garotas que é quando enfim cai a ficha de que ela havia sido mais uma. Annie fica desolada e tenta se matar, ato que é pausado por seu pai que chega exatamente na hora certa. O filme se encerra com a reconciliação do pai e da filha e com um vídeo caseiro que mostra Charlie seguindo sua vida com uma bela familia como se nunca tivesse acontecido nada com ele.
Annie

O filme tinha uma ideia central muito boa, afinal conscientizar jovens e adolescentes dos perigos da rede nunca é demais,porém algumas cenas foram jogadas ao vento e o comportamento de Annie em algumas partes deixavam os seus sentimentos um tanto confusos para o telespectador entender. No geral é um bom filme, se não considerarmos o filme que ficou com cara de ter continuação, mas se assim acontecer eu tenho medo. Sabe quando você assiste um filme que parece ter continuação , mas você sabe que não tem história para essa continuação? Com "Confiar" eu me senti assim. Se for para dar uma nota minha nota seria 8.



Annie e seu pai

Tumblr_lrlicda3dm1qcb28oo1_500_large
Annie

Assista ao trailer do filme:


Quer assistir o filme? Bom. Eu não sei se ele virá para o Brasil, mas após muita busca eu achei um site onde dá para vocês assistirem online, mas é assim o filme tem uma hora e quarenta minutos, vocês vão ter que assistir uma hora e dez minutos, depois esperar meia hora kkk, apertar f5 e continuar da onde vocês pararam. É que só pode assistir 70 minutos se você nao for usuário premium entenderam? Eu esperei e valeu a pena =)

Gif

3 comentários:

  1. Vi esse filme nas duas versões, dublada e legendada...e indiquei ele a muitos amigos.
    Nota?? 1000!
    Tá, mesmo com a vontade dar uma boa surra de chinelo hawaiana na garota(rs), o filme me emocionou e impressionou pelo sofrimento do pai.
    Ainda não sei o que a mãe da mocinha fez no filme..mas o pai(Clive Owen)arrebentou. Ultrapassou a tela e fez os sentimentos chegarem até aqui fora.
    Filme imperdível, deveriam passar ele em escolas...ainda há tantos jovens que caem em armadilhas virtuais assim.

    ResponderExcluir