Resenha: Tocada pelas sombras

Imagem


Editora: Agir
Número de Páginas: 379
Escritora: Richelle Mead
Nota: 09


Estou arduamente tentando me acostumar a escrever resenhas sem muitos spoilers, falando apenas os fatos mais importantes sem contar cem por cento como eles acontecem, e sem contar o final. Mas, com o "Tocada pelas sombras" o terceiro livro da "Academia de Vampiros" da Richelle Mead, está um pouco difícil.
O inicio foi chato, aquela costumeira revisão em tudo o que aconteceram nos outros dois, mas após umas cem páginas a ação começou. Rose e Dimitri se entregando ao amor, e vários problemas com Strigois. Segredos sendo revelados, e novas descobertas entre o laço de Lissa e Rose. O que eu mais gostei nesse novo volume foi enfim ter acontecido alguma ação entre Rose e Dimitri -não me levem a mal - eles se amam, estava mais do que na hora de eles acabarem com a relação estritamente profissional.
Li o livro em um dia, ele tem 379 páginas, e seu final é de dar nos nervos. Acaba do nada, com um frase nada animadora, até reli as páginas anteriores a página final para ter certeza se tinha entendido tudo direitinho, aquele fim não parecia real. Aguardo ansiosamente para poder ler a continuação - eu sei que já saiu, aguardo pelo meu dinheiro mesmo -. Esse livro me arrancou várias lágrimas, e triste ver um amor tão sofrido assim. É triste quando você vê todos sendo felizes menos você, por que simplesmente você não pode se dar ao luxo disso. Coisa que acontece com Rose nesse volume da série, sem duvida alguma ela se mostra bem mais responsável. Se fosse dar uma nota para o livro daria nove.

Parte mais marcante para mim:
"Quando eles se amam pela primeira vez."

Citações marcantes:
" - Você não é. Você não vai virar -  disse ele. - Não vou deixat. Não importa o que aconteça, eu não vou deixar você. ( Tocada pelas sombras - Página 301) "

" - Eu amo você, Roza - E me beijou de novo. - Eu sempre estarei aqui para você. Não vou deixar nada acontecer. (Tocada pelas sombras - Página 303) "