19.6.12

Crítica de filme: Homens de preto 3


Homens de Preto 3 (MIB III)

Titulo Original: Men in Black 3
Titulo no Brasil: Homens de preto
Sinopse: O agente J precisa voltar no tempo e salvar a vida de seu parceiro K. Como se não bastasse nessa volta no tempo ele descobre segredos que ele nunca imaginou que K pudesse esconder, além de entender um pouco mais do seu próprio passado.
Direção: Barry Sonnenfeld








Eu particularmente não consigo gostar de homens de preto, pra mim é um filme trash. Mas, deixando meu preconceito de lado devo admitir que o filme foi bem melhor do que eu imaginava.  A continuação de Homens de preto conta a história de Boris o terrível vilão que consegue fugir da prisão de segurança máxima lunar e quer se vingar do agente "K", mas para fazer isso Boris volta no tempo.  Em quanto eu via o filme essa parte me deixou um pouco confusa, só após ler várias criticas eu por fim consegui entender. Estava tudo lindo e maravilhoso para "J", dai do nada ele percebe que ninguém conhece o "K", depois ele fica sabendo que Boris voltou no tempo e matou "K" por isso ninguém se lembrava do "K" só ele, afinal ele bebia muito achocolatado e isso o ajudou ãhn? É confuso mesmo gente, mas enfim. Quando "J" volta no tempo ele descobre segredos de "K" como seu romancezinho com a agente "O" entre outras coisas mais. "J" também descobre segredos do seu próprio passado, o que é uma das cenas mais tristes do filme. 


O que mais interessa no filme são os efeitos nessa viagem do tempo e o figurino fantástico do povo em 1969. Amei mesmo. Will Smith interpretando super bem e fazendo valer o ingresso sem dúvida nenhuma. Dizer que o filme foi um completo fiasco eu não posso, já que longe foi melhor do que o segundo. Além de ter se aprofundado mais nas histórias dos nossos agentes "queridos" e ter nos dado boas doses de diversão, romance e aventura.
Um filme mais do que recomendável se você gosta de finais previsíveis e um roteiro sem coisas extraordinárias. Os efeitos na parte dos alienígenas foram realmente bons e a dinâmica entre os atores melhor ainda.


O ator Josh Brolin que faz o papel de "K" jovem é realmente muito bom e consegue colocar os trejeitos de "K" em prática sem perder a sua própria originalidade como ator. AMEI!

Sem dúvida nenhuma eu recomendo esse filme, porém não esperem grandes coisas. Tudo não passa de um mero final clichê e completamente esperado.








0 COMENTÁRIOS:

Postar um comentário