Resenha: A culpa é das estrelas - John Green

19.11.12

Sinopse: Em A Culpa é das Estrelas, Hazel é uma paciente terminal de 16 anos que tem câncer desde os 13. Ainda que, por um milagre da medicina, seu tumor tenha encolhido bastante — o que lhe dá a promessa de viver mais alguns anos —, o último capítulo de sua história foi escrito no momento do diagnóstico. Mas em todo bom enredo há uma reviravolta, e a de Hazel se chama Augustus Waters, um garoto bonito que certo dia aparece no Grupo de Apoio a Crianças com Câncer. Juntos, os dois vão preencher o pequeno infinito das páginas em branco de suas vidas.

Valor: R$29,90 (Compre aqui) ou em E-book por R$19,90 (aqui)
Escrito por: John Green
Editora: Intrínseca
Minha nota: ♥♥♥♥♥ Perfeito


Em "A culpa é das estrelas" vemos a história de Hazel Grace uma jovem encantadora que possui câncer. O mais interessante em sua personagem é que ela não respeita qualquer clichê que nós estamos acostumados ao ler ou assistir algum filme que contenha uma personagem com câncer. Ela é inteligente, decidida e se preocupa com quem esta ao seu redor - ao invés de ser egocêntrica por ter uma doença terminal. Não sei por que mas, eu sempre crio esse estereótipo em minha cabeça - Hazel é encantadora e nós faz se apaixonar pela história. 
Outro grande marco do livro é que cada personagem tem sua independência, é como se o livro fosse formado por vários personagens principais - isso é fabuloso.
Temos Augustus Waters - Gus - o rapaz que faz Hazel se apaixonar. Augustus é lindo e tem uma personalidade forte e peculiar - não posso deixar de ressaltar a estranha mania que ele tinha de colocar um cigarro na boca (sem acendê-lo) - Augustus é muito inteligente - pelo menos na minha perspectiva da história.
Também tem o Isaac o amigo de Augustus que acaba ficando cego e perdendo seu grande amor - essa parte me revolta, mas de certa forma acabo sendo um pouco condescendente com a namorada de Isaac. 



Em suma "A culpa é das estrelas" nos faz repensar no real valor da vida e nos traz o amor verdadeiro de um jeito que nunca foi contado antes. Sem melodramas e sem frases ensaiadas, ele nos mostra a verdade nua e crua a vida como ela é. Deve ser por isso que esse livro cativa a todos que o leem. Talvez depois de navegarmos em livros com bruxos, vampiros e afins um pouco de normalidade cai bem.
"A culpa é das estrelas" consegue ser triste sem ser apelativo. É um livro mais do que recomendado. John Green tem um jeito de escrever único e que deve ser apreciado por todos. Comprem esse livro :)

Um comentário:

  1. Oi adorei.. muito obrigado, amei a maneira que vc usou para descrever essa resenha...me fez se interessar pelo livro....mas vc já leu o livro reverso escrito pelo autor Darlei... se trata de um livro arrebatador...ele coloca em cheque os maiores dogmas religiosos de todos os tempos.....e ainda inverte de forma brutal as teorias cientificas usando dilemas fantásticos; Além de revelar verdades sobre Jesus jamais mencionados na história.....acesse o link da livraria cultura e digite reverso...a capa do livro é linda ela traz o universo de fundo..abraços. www.livrariacultura.com.br/scripts/resenha/resenha.asp?

    ResponderExcluir