Crítica de filme: Querido John

12.12.12
Hey amiguinhos lindos do meu coração ♥ como vão? Bem, se forem corinthianos sei que estão felizes... Afinal o Corinthians acabou de vencer. Bem, essa semana vocês vão ver duas críticas de filmes que foram feitos em cima de uma adaptação dos livros do Nicholas Sparks. A crítica de hoje é do "Querido John" caso vocês queiram ler a resenha desse livro acessem aqui.

Eu me alegrei pelo filme ser parecido com o livro em vários aspectos, além de é claro ter gostado é claro da escolha dos personagens (ando assistindo mesmo que sem querer, muitos filmes da Amanda Perfeita Seyfried 'risos' primeiro o In time, depois A garota da capa vermelha *ainda vou criticar aqui* e agora esse Querido Joh. Enfim, eu acho que ela é uma boa atriz) Channing Tatum apesar do cabelo estranho - não que isso tenha haver - teve uma atuação razoavelmente boa. Creio que o filme todo é muito morno, mas a história é morna. Tudo meio parado e um pouco repetitivo, até que nesse aspecto o diretor do filme soube trabalhar bem, afinal o filme ficou mais legal do que o livro.

Creio que os livros do Sparks são um pouco detalhistas demais em partes que não são tão necessárias assim. 

Pra quem não sabe Querido John conta a história de John (Channing Tatum) *nãodiga* um jovem que não sabia bem que rumo seguir da vida, e então decidiu se alistar no exercito. Em uma das suas licenças ele conhece Savannah(Amanda Seyfried) e o amor surge para os dois.

Porém a licença de John termina e ele deve voltar ao exército por isso eles resolvem trocar cartas - por isso o nome Querido John (Dear John) era assim que Savannah iniciava suas cartas - claro que uma relação a distância nunca é fácil.

Muitos problemas e acontecimentos acabam colocando esse grande amor em prova. O que acontece? Só vendo o filme ou lendo o livro pra saber (risos) nada de super spoilers dessa vez.



Esse filme é tocante, ensina a abrirmos mão da nossa felicidade pela a da pessoa que a gente ama. E fora que ver o Channing sem camisa com certeza vale o preço da locação. (risos)

Li algumas críticas em que o pessoal reclamou do filme ser um pouco confuso - para quem não leu o livro - esse tipo de coisa é normal em adaptações, acho que o pessoas se esquece que nem todo mundo que vê o filme leu o livro. 

Enfim, recomendo a locação. O filme é bom, mas não é excelente não imagem uma super produção por que de longe ele é.

Direção: Lasse Hallström 
Distribuição: Sony Picutes
Título Original: Dear John
Classificação:

Um comentário: