Crítica do filme "Cyberbully"

28.1.13
Hey muchachos nesse final de semana eu conferi três filmes e em breve vocês já terão conferido a crítica de todos eles. 

CyberBully conta a história de Taylor ( Emily Osment ) uma adolescente completamente normal e tudo o que ela queria era um computador só pra ela, já que sua mãe controlava tudo o que ela fazia e acessava no computador dela. Sua mãe não a deixava ter internet nem no seu próprio celular com medo de ela acessar algum conteúdo impróprio ou expor demais sua vida. 

Até que Taylor faz aniversário e sua mãe resolve lhe presentear com um notebook só dela onde ela não seria vigiada 24 horas por dia. 

Nisso Taylor resolve enfim criar um perfil no "Clickster" que é tipo um facebook. Todos os seus amigos tinham um perfil nessa conta. Seu irmão fica com inveja por ela ter um notebook só pra ela e descobre a senha dela e invade o perfil da irmã e começa a publicar coisas maldosas sobre ela. 

A escola inteira fica sabendo e começam a praticar o cyberbully. Porém depois que a poeira desse caso começa a abaixar Taylor conhece um tal de James virtualmente e ele parece ser o rapaz do sonhos. Capaz até de fazê-la esquecer Scott o jogador de basquete do time da escola por quem Taylor era apaixonada.

(eu não sei por que todo mundo me odeia tanto.)

Porém James começa a dizer que fez certas coisas com ela sendo que ela nem o conhecia pessoalmente. Depois disso o cyberbully fica mais pesado. Scott para de falar com Taylor e até suas amigas se afastam dela.

Taylor resolve se matar, mas acaba sendo pega antes disso. Depois de ficar internada, tomar vários remédios e visitar grupos de apoio a pessoas que sofrem bullying Taylor resolve tomar uma providência e fazer com que pelo menos em seu estado tenha uma lei contra crimes virtuais - coisa que lá não tinha.

O filme é muito bom e realmente retrata o dia - a - dia de quem sofre esse tipo de bullying, ele também chamou atenção para a legislação que é tão falha nesse aspecto. (e em muitos outros também rs)

Título: Cyberbully
Dirigido por: Charles Binamé
Distribuidora: ABC Family
Classificação:

2 comentários:

  1. ótimo enredo, quando será lançado? são temas pouco mencionados e muito presentes na nossa realidade.ótima dica e resenha,flor! beijinhos,isa.
    http://mycutelifeblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. esse filme já foi lançado em 2011 e está disponível na Netflix (foi lá e eu assisti) o filme é muito bom

      Excluir