SÓ MAIS UM GAROTO

25.5.14
-


Era um dia. Um dia completamente comum.
Mas, mesmo assim o destino decidiu que a gente deveria se conhecer.
Você estava com uma jaqueta preta.
Eu estava com uma sapatilha.
A gente se olhou.
Você sorriu.

Agora o tempo passou.
Tudo e nada aconteceu.
Você me fez sofrer.
Meus amigos querem que eu te supere.
Você só foi mais um garoto.

Mas, já que você é só isso...
Por que eu não consigo dormir?
Por que as lágrimas não param de cair?

A gente conversou.
Agora eu sei seu time do coração. Sei sua música favorita, sei seu livro de cabeceira.
Para meu espanto todos são os mesmos que os meus.

Mas, meus amigos me falaram que tem outros caras por ai.
Mas, então por que eu sinto tanto a sua falta?

A gente viu um filme.
Você riu nas mesmas partes que eu. Você segurou minha mão.
Minha bochecha corou, dei graças por estarmos no escuro e você não poder ver.
Você me beijou. E aquilo me surpreendeu.
No final do filme me abraçou. Não foi um abraço qualquer, foi um abraço longo. Daqueles que a gente dá quando quer se despedir.

Alguns amigos me falaram que você não era tão bom assim.
Que me fazia chorar quase sempre.
Mas, por que eu não lembro disso?

"Ele é só mais um garoto", gostam de repetir para mim.
Mas, o que fazer se para mim ele ainda é o meu garoto?

0 COMENTÁRIOS:

Postar um comentário