TEXTO: ERA PRA SER SOBRE VOCÊ, MAS ACABOU SENDO SOBRE MIM

31.3.16

É engraçado. Você me disse: Então vai lá escreve um texto sobre mim. Eu ri e concordei. Afinal minha vida é assim. Sempre paro e escrevo sobre tudo que eu estou sentindo e é claro que você desperta muitas coisas em mim. Mas, ao contrário do que você pensa a cada conversa que eu tenho com você eu penso mais ainda sobre mim, não sobre você.

Graças a você comecei a me questionar mais e me analisar mais. Hoje eu me entendo melhor e ser bem o que eu quero, sem precisar ser do tipo de pessoa que faz o que for preciso para conquistar alguém.

Deixei de rir de todas as piadas, de aceitar qualquer gracejos e de mendigar amor. Não. Eu não vou ser assim. Seu sorriso é lindo e sua voz também. As vezes você é gentil, mas as vezes não. E não. Eu não sou obrigada a aceitar.

Como diz um poema que eu li há um tempo atrás "migalhas de amor eu não dou, e também nem quero". Esse texto era pra ser sobre você mas, acabou sendo sobre mim.

Sobre a pessoa que eu mais quero ver feliz na vida. Eu mesma. Sobre a pessoa que esta comigo sempre e me entende melhor do que ninguém. Eu devo me amar, pra que amar você? Sou realista ao dizer que você nunca vai ser da forma que eu quero que seja e eu também nunca vou ser perfeita pra você o quanto eu sou pra mim.

Você não gosta do meu batom vermelho. Mas, eu gosto.
Você não gosta do meu salto alto. Mas, eu gosto.
Você não gosta de Star Wars. Mas, eu gosto.

Eu não vou mudar. Eu não quero mudar. Eu gosto de mim e não vou me perder por causa de um outro alguém que não consegue enxergar o meu real valor. Sou única e valiosa por ser exatamente assim. 

Você mudaria muitas coisas em mim - com certeza ia querer que eu fosse menor, que gostasse de ver filmes de luta, que fosse mais ousada e aventureira - Mas, eu não. Eu me amo. Amo meus exageros, amo minhas incertezas e amo cada um dos meus medos. Amo minhas dancinhas bobas de comemoração, amo o modo intenso como eu sinto cada emoção durante o meu dia e amo a visão poética que eu tenho sobre tudo ao meu redor.

Gosto de ser assim. Bobinha e feliz. E cara nenhum vai tirar isso de mim.

Um comentário:

  1. Só amor por esse texto. Retratou muito bem a realidade que eu estava vivendo , mas graças a Deus , eu consegui me libertar .
    "Gosto de ser assim. Bobinha e feliz. E cara nenhum vai tirar isso de mim." ♥


    Beijos

    rosasdifusas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir