6.6.16

CRÍTICA DO FILME: INVOCAÇÃO DO MAL 2 (THE CONJURING 2)


A convite da Warner Bros. Pictures nossa equipe já conferiu "Invocação do mal 2". Essa crítica é completamente LIVRE DE SPOILERS.

Mais uma vez vemos Ed e Lorraine investigar casos sobrenaturais, só que dessa vez temos uma Lorraine receosa, tudo por que ela teve mais uma visão que mostrava que Ed iria morrer. O medo de perder seu marido faz ela pedir para que eles parem de pegar mais casos. Ela encara as visões como uma ameaça que entrega o que esta por vir.

Porém a 'pausa' dos dois fica ameaçada com um novo caso que parece estar surgindo na Inglaterra. Uma família vive no caos depois que uma das irmãs começa a ver um espírito em sua casa e logo após começa a ser possuída por ele.



Na minha opinião a franquia Invocação do mal possui todos os elementos para trazer um bom filme para nós. Desde boas atuações, fotografia e sonoplastia, até histórias com uma premissa excelente, porém mais uma vez Invocação não me convenceu. A história acabou sendo mais fraca que a do primeiro o que infelizmente não conseguiu me prender. Me peguei rindo em muitas cenas - apesar dos terríveis sustos que eu levei (graças a sonoplastia e efeitos ótimos). 


Invocação do mal 2 segue a boa estrutura de qualquer filme de terror. Sons que assustam, cortes quase imperceptíveis o que te fazem pensar que tudo esta acontecendo sem parar e com isso te transporta para a trama de uma forma ótima, figurinos e fotografia impecáveis, porém o fraco roteiro faz com que o público mais atento não consiga gostar tanto assim.

Vale o ingresso para todos aqueles que são fãs da franquia e querem ver o casal Ed e Lorraine solucionarem mais um caso - a relutância dos dois para acreditar que um fenômeno sobrenatural estava realmente acontecendo traz mais credibilidade a história.

3.5/5

0 COMENTÁRIOS:

Postar um comentário