TUDO QUE ROLOU NA COLETIVA DE IMPRENSA DO FILME 'BEN-HUR'

4.8.16

Como parte da divulgação do longa “Ben- Hur”, os galãs Jack Huston e Rodrigo Santoro estiveram em São Paulo na última terça (02) para uma entrevista coletiva com a imprensa e a equipe do Acidamente Sensível foi convidada para essa conversa.

Mediando a entrevista, estava Roberto Sadovski, crítico muito respeitado, que conseguiu descontrair o ambiente no início do encontro e também ajudava um pouquinho nas traduções e nas perguntas. Diversos assuntos foram abordados, desde o já usual questionamento a Santoro sobre haver preconceito em Hollywood com artistas de origem estrangeira (ao qual o ator respondeu que não, principalmente neste filme, que foi rodado na Itália, país de origem de sua família) até outras curiosidades sobre o processo de criação.

Jack Huston falou sobre as dificuldades de atuar como o protagonista, já que além da criação de um personagem tão diferente de suas experiências (até mesmo por questões temporais)as gravações exigiam muito treinamento, por exemplo, com cavalos (com os quais ele treinou por três meses e meio). A maioria das cenas, segundo o ator, não foram feitas em computação gráfica e, sim, gravadas em locação.





Huston também falou sobre a responsabilidade que carrega ao fazer Ben-Hur, protagonizando o filme, comparando às pressões de trabalhos anteriores, como na versão mais recente de Orgulho e Preconceito (“e Zumbis”), livro de Jane Austen, autora que agrega uma legião de fãs ao redor do mundo. 

Ambos os atores concordaram sobre a complexidade de chegar a um bom resultado, dadas as altas expectativas vindas do outro filme que conta a mesma história, de 1959, ganhador de dez prêmios Oscar, incluindo o de Melhor Filme. A ideia de toda a equipe era de aproximar uma história tão antiga, trazendo referências ao filme consagrado, de forma que aproximasse à audiência atual.

Ben-Hur” é sobre um nobre contemporâneo que sendo injustamente acusado de traição, é condenado à escravidão. Ele sobrevive ao tempo de servidão e descobre que foi enganado por seu irmão, Messala, partindo em busca de vingança. 

A convite da Paramount já conferimos o filme e no próximo dia 18 — data da estreia mundial do longa — nossa crítica vai ao ar.

0 COMENTÁRIOS:

Postar um comentário