CRÍTICA DO FILME "BRUXA DE BLAIR" (GANHE UM PAR DE INGRESSOS)

14.9.16

A convite da Paris Filmes nós já conferimos o filme Bruxa de Blair 

LIVRE DE SPOILERS

"Bruxa de Blair" é um dos filmes de Found Footage mais famosos do cinema,  a história em volta da lenda de Blair começou em 1999 e foi um sucesso estrondoso de bilheteria,  quase 250 milhões de dólares versus seu baixíssimo orçamento de apenas 60 mil dólares. A sequência  "A Bruxa de Blair 2 - O livro das Sombras" não teve tanto sucesso quanto o primeiro longa, tendo críticas bastante negativas. E devido ao "fracasso" do último filme, a expectativa em volta dessa continuação está grande.

O enredo se passa anos após os acontecimentos do primeiro filme. O misterioso desaparecimento de Heather,  fez com que James — seu irmão caçula — reunisse seus amigos: Lisa, Peter e Ashley, para irem atrás de uma pista na floresta de Black Hills, em Maryland. 

O filme está bem atualizado com os dias atuais e com o avanço da tecnologia,  os quatro amigos embarcam nessa aventura bem equipados, com tablet, câmera, rádios com GPS e com um drone — até um vídeo do YouTube visto por James é mostrado no começo do filme — e foi esse vídeo que despertou a vontade de ir até a floresta para procurar pela irmã desaparecida.

O suposto vídeo foi postado por Lane — um rapaz que é completamente obcecado pela lenda da Bruxa de Blair.


Lane e sua namorada Talia propõem ao grupo de James que em troca de informações sobre a floresta e suas histórias,  que deixem eles irem juntos pra dentro da floresta.

Mas fica o questionamento: de onde veio a coragem para fazerem tamanha façanha? Simples, cada personagem tem sua motivação, são motivos "bobos" mas que são válidos, principalmente os de James que está lá pela irmã e Peter que é seu amigo de infância.

O longa segue no mesmo estilo dos anteriores com filmagens feitas pelos próprios personagens, a impressão que fica é que nós estamos na floresta junto com eles. Os sustos são rápidos, mas funcionam perfeitamente e o suspense em torno do filme é indescritível.

Com pouca luz,  praticamente o filme todo é  rodado no escuro da floresta amaldiçoada. Os efeitos sonoros também são pontos positivos do filme,  que para ser uma experiência quase real, os produtores abusaram de gritos,  suspiros e demonstrações de medo dos personagens.

Sem dúvidas, a continuação do filme de terror mais marcante do século XX está surpreendente e supera expectativas e conta com um elenco de produção de peso- Keith Calder e Jessica Wu (Você é o próximo), Roy Lee (O chamado) e Steven Schneider (Atividade Paranormal).

O longa estreia nos cinemas brasileiros no dia 15 de setembro de 2016. 

5/5

Quer ganhar um par de ingressos para ver  "Bruxa de Blair" na faixa? 
- curta a page do blog (facebook.com/acidamentesensivel)
- se inscreva no canal (youtube.com/c/acidamentesensivelblog)
- comente essa postagem com seu trecho favorito da crítica + nome completo e e-mail de contato
- Serão aceitos comentários até o dia 24/09 ás 23:59
- O resultado sai dia 25/09 e iremos entrar em contato com os vencedores via e-mail
- Os vencedores deverão nos responder com seu endereço completo em até 24 horas ou seja, até dia 26/09
- 27/09 Iremos postar os ingressos no correio
- Os ingressos são cortesia da Paris Filmes
- Teremos 3 vencedores. Cada um irá ganhar um par.

PROMOÇÃO VÁLIDA SOMENTE PARA RESIDENTES EM SÃO PAULO

4 comentários:

  1. "Com pouca luz, praticamente o filme todo é rodado no escuro da floresta amaldiçoada" Senhooooor, quero logo, hahahahahahaha

    Thayná Cristina do Prado Simão
    thaynadoprado@outlook.com

    ResponderExcluir
  2. "Com pouca luz, praticamente o filme todo é rodado no escuro da floresta amaldiçoada. Os efeitos sonoros também são pontos positivos do filme, que para ser uma experiência quase real, os produtores abusaram de gritos, suspiros e demonstrações de medo dos personagens."

    Sirleide Costa Cavalcante

    Cavalcante.sirleide@gmail.com

    ResponderExcluir
  3. "Com pouca luz, praticamente o filme todo é rodado no escuro da floresta amaldiçoada. Os efeitos sonoros também são pontos positivos do filme, que para ser uma experiência quase real, os produtores abusaram de gritos, suspiros e demonstrações de medo dos personagens."

    Caraca não vejo a hora de assistir!! Esse filme vai ser muuuito fodástico!!

    Águida Iaramane Durante

    aguida.idurante@gmail.com

    ResponderExcluir
  4. "Com pouca luz, praticamente o filme todo é rodado no escuro da floresta amaldiçoada. Os efeitos sonoros também são pontos positivos do filme, que para ser uma experiência quase real, os produtores abusaram de gritos, suspiros e demonstrações de medo dos personagens."

    Caracaa não vejo a hora de assistir o filme. Vai ser muuuuitoo fodástico!!


    Águida Iaramane Durante

    aguida.idurante@gmail.com

    ResponderExcluir