CRÍTICA DO FILME "CÃES DE GUERRA" (WAR DOGS)

8.9.16

Á convite da Warner Bros nossa equipe já assistiu "Cães de Guerra"

LIVRE DE SPOILERS

A segunda guerra do Iraque já rendeu uma porção de filmes. Alguns bons — Guerra ao Terror e Sniper Americano — e outros nem tão legais assim. Felizmente é na primeira categoria que podemos encaixar novo filme da Warner Bros “Cães de Guerra”.

Do mesmo diretor da trilogia “Se beber não case”, o longa conta a história de dois jovens sem muitas perspectivas de futuro, que se envolvem — quase sem querer — no tráfico legal de armas para o exército americano na guerra do Iraque e acabam enriquecendo no processo.

O que parece ser uma história maluca escrita para um filme de comédia, fica ainda mais surpreendente quando descobrimos que tudo aconteceu de verdade.


Algo que se sobressai no longa é a incrível atuação de Jonah Hill como um judeu manipulador que sabe tirar proveito de tudo e de todos. A risada que ele criou para o personagem é algo que ficará para sempre na história das comédias.

Outra característica marcante do longa é a sua trilha sonora recheada do que há de melhor no bom e velho Rock’n Roll. Diferente do que aconteceu em “Esquadrão Suicida” aqui a trilha ajuda a contar a história e dá ritmo ao filme.

Se você gosta de filmes com uma história divertida, ótimas atuações e boa música "Cães de Guerra" foi feito pra você.

O filme estreia hoje (8 de setembro) nos cinemas.

Crítica escrita por: Rogério Montanare
Leia mais críticas escritas por ele no site Vitamina Nerd

4/5

Um comentário:

  1. Gostei muito de saber que você gostou desse filme. Já estava doida para ver, mas não tinha lido nenhuma opinião sobre ele. Os atores são maravilhosos, espero que o filme seja realmente bom.
    Beijos!

    https://jesuistata.wordpress.com/2016/09/12/new-york/
    https://www.facebook.com/jesuistata/
    https://twitter.com/jesuis_tata

    ResponderExcluir