7.11.16

Crítica do filme "Snowden - Herói ou Traidor"


A convite da Disney nós já assistimos ao novo filme de Joseph Gordon Levitt

LIVRE DE SPOILERS

Até que ponto suas informações estão seguras? O filme dirigido por Oliver Stone traz à tona esse questionamento através de uma cinebiografia de Edward Snowden, ex-agente da CIA que denunciou a vigilância global mantida pelo governo dos Estados Unidos da América.

Snowden tem como proposta questionar se as denúncias feitas em 2013 foram honrosas ou se foram uma traição ao governo, mas com a humanização dos problemas da personagem principal e sem mostrar outras perspectivas ele meio que já direciona a opinião do público mostrando-o como herói. Isso é um tanto quanto frustrante porque não oferece ao espectador todos os lados da situação, a opinião pública na época em grande escala e nem outros fatores que poderiam deixar o julgamento mais bem feito



A atuação de Joseph Gordon-Levitt, como Edward Snowden, merece total destaque pois ele conseguiu fazer com que a história realmente fosse sobre ele, não só pela aparência, mas pelo som da sua voz e os trejeitos. O choque entre a ficção e a realidade pode ser visto nas cenas finais em que há a comparação entre o ator e o próprio Snowden.

É possível dizer que, apesar de não acrescentar em nada ao caso que já conhecemos, este filme lembra a todos como o poder tecnológico na mão de um país pode deixar indivíduos comuns e até grandes líderes a mercê de seus interesses políticos e econômicos, mesmo que esses não sejam os motivos alegados publicamente.

O filme estreia dia 10 de novembro nos cinemas.

3,5/5

Um comentário: