Crítica do filme "Sully - O Herói do Rio Hudson"

28.11.16

À convite da Warner Bros Pictures nossa equipe já conferiu "Sully - O Herói do Rio Hudson"

LIVRE DE SPOILERS

No dia 15 de janeiro de 2009 o piloto Chesley “Sully” Sullenberger (Tom Hanks) e seu co-piloto Jeffrey Skiles (Aaron Eckhart) realizaram  um pouso forçado do Airways Flight 1549 no Rio Hudson, Nova York. O que tinha tudo pra ser uma tragédia fatal acabou sendo uma história sobre o nascimento da figura de um herói americano ao salvar todas as pessoas a bordo.

Baseado nas memórias do livro Highest Duty: My Search for What Really Matters, de Chesley ‘Sully’ Sullenberger e Jeffrey Zaslow, “Sully – O Herói do Rio Hudson” conta não só sobre o evento principal em si, mas também sobre a investigação realizada para entender se o pouso foi a escolha certa ou se foi um risco desnecessário. Esse é um filme que apesar da “falta de história”, durando apenas 95 minutos, consegue prender o telespectador transmitindo de uma forma sóbria todos os fatos e com pouco sentimentalismo. O diretor Clint Eastwood quis mostrar todas as perspectivas possíveis, por isso vemos a mesma cena repetidas vezes mas sempre mudando o ponto de vista, o que não a deixa entediante.


Tom Hanks, um ator já adorado pelo público, traz uma interpretação bem sólida de Sully. Deixando claro os trejeitos do piloto tanto na fala calma quanto na modéstia diante de elogios, também conseguiu passar o sofrimento psicológico sofrido com a pressão da imprensa e dos órgãos responsáveis pelas investigações.

Durante toda a investigação muitas provas foram baseadas em cálculos, mas em uma situação de risco como essa em que vidas dependem da sua decisão sobre o que fazer é preciso muito mais do que tecnologia, ou manuais e regras. Nessas horas é preciso a experiência e o lado humano falar mais alto como Sullenberger fez. Assim, o que seria só mais um dia de trabalho tornou-se o dia em que sua vida tocou a vida de todos os que estavam naquele voo.

O longa estreia nos cinemas brasileiros no dia 15 de dezembro.


3,5/5

Um comentário:

  1. Muuuuuito boa crítica e a forma que o filme é apresentado em diferentes perspectivas deve deixar o filme mt interessante, agora não posso esperar para ver =3

    ResponderExcluir