19.1.17

CRÍTICA DO FILME "XXX: REATIVADO"


No primeiro filme – “Triplo X” – conhecemos Xander Cage (Vin Diesel), um criminoso viciado em adrenalina que é recrutado por Gibbons (Samuel L. Jackson) para uma programa especial de combate do crime da NSA. No terceiro filme da franquia – “xXx Reativado” – Xander volta a trabalhar para a NSA depois que um dispositivo com o poder de controlar qualquer satélite no mundo, a Caixa de Pandora, é roubado.

Com o mesmo padrão do primeiro, o longa é carregado com cenas improváveis de ação e adrenalina. De saltos sem paraquedas a surfe com motos. Este porém é bem mais cômico que os anteriores.

Apesar de cenas bem feitas e cenários bem produzidos, o que não deixa o filme totalmente clichê e previsível são os personagens. Com certeza O ponto alto da produção. Com personalidades diferentes cada um conseguiu contribuir para a historia e o plot twist, apesar de não ser uma grande revelação conseguiu entreter e animar o público.

Nina Dobrev entregou uma nova parte dela. Sua personagem, Becky, é engraçada, inteligente e completamente adorável. Ela quebra o gelo de qualquer cena.

No geral a trama agrada mas não é esperado que puxem outra sequência.

4/5

Um comentário: