20.2.17

Critica do filme "Internet - O filme"


Construído através da coletânea de oito esquetes, "Internet - O Filme" traz a espontaneidade dos conteúdos de humor audiovisual das redes sociais e da internet para o cinema.

Em uma convenção de youtubers, os personagens entram em vários conflitos uma vez que todos eles estão em busca da fama a qualquer preço.

LIVRE DE SPOILERS

A história é simples, está rolando uma convenção que reunirá Youtubers. Com o bom e velho clichê do cinema tem o famosão egocêntrico (Gusta), os que não são tão famosos , a louca das selfies e aquele que ninguém liga . A partir daí nós acompanhamos as confusões que cada um deles vai se meter para alcançar os seus objetivos durante o evento.

O material de divulgação realmente tem um tom muito diferente do filme e foi uma surpresa ver que tem a parte da "zoeira sem limites" porém devemos ressaltar que muitas piadas utilizadas no longa são de péssimo gosto. O filme é sim uma sátira a todos os estereótipos, memes e coisas que vemos na internet diariamente . 


Nesse ponto, Internet – O Filme consegue ser surpreendentemente bom e ruim ao mesmo tempo, pois ele pega as coisas boas da internet  — como um vídeo de um cara caindo no chão. Mas, sem saber dosar o humor com a falta de respeito. 

O que incomoda bastante nesse tipo de humor é a quantidade de tiradas preconceituosas ao longo do filme. Com piadas que incitam a gordofobia e outros tipos de preconceitos. O roteiro foi escrito por Rafinha Bastos conhecido justamente  por não saber dosar suas palavras na hora de fazer piadas sobre os outros.

Apesar de terem mostrado certo potencial o longa não agrada e deixa um gostinho de poderia ter sido bom. Mas, não foi. O filme estreia dia 23 de fevereiro.

 2,5/5

0 COMENTÁRIOS:

Postar um comentário