Crítica do filme "O Mago das Mentiras" DA HBO

19.5.17

A história do maior esquema pirâmide chega em forma de telefilme na HBO esse sábado. O enredo é sobre Bernard Madoff (Robert De Niro), um dos maiores investidores de Wall Street. No final do ano de 2008 ele foi preso e no ano seguinte sentenciado a 150 anos de prisão por desviar mais de 60  bilhões de dólares do fundo de investimento que gerenciava.

LIVRE DE SPOILERS

O foco não foi o esquema em si, é até interessante a pesquisa sobre o caso para entende-lo melhor caso não esteja familiarizado com termos econômicos. O diretor Barry Levinson prefere mostrar os bastidores disso tudo como a família de Madoff sofreu diante de ataques da imprensa e de pessoas que perderam tudo com o Esquema Ponzi. Entretanto ele peca ao exagerar na dramaticidade da história, ficando com um material muito pequeno perto do que poderia explorar — as investigações do FBI, o esquema de desvio de dinheiro e a razão — além disso, com cenas alternando entre passado e presente ao invés de tentar manter uma linha temporal contínua deixa tudo cansativo e confuso.


O elenco foi muito bem escolhido não só pela bagagem de atuação, mas pela caracterização dos personagens. Michelle Pfeiffer enfeitiça em cena e faz com que o público crie uma afeição por conta de sua posição de esposa que não sabia de nada e acabou solitária; Robert De Niro com uma atuação excepcional e sem exageros nos passou um Madoff muito alheio ao mundo, sem nenhuma empatia.

Por mais que ele saiba que o que fez foi errado ele não parece passar um remorso real, ele diz que nunca colocou as pessoas que ama em perigo, quando na verdade o que ele fez foi determinante pro destino de seus entes queridos;  Alessandro Nivola e Nathan Darrow, que interpretaram os filhos de Madoff, passaram toda a angústia sofrida pela família, eles foram de uma família próspera para um mundo de caos.

"O Mago de Mentiras" podia muito mais. É um filme com um assunto interessante e importante de conhecimento geral, mas a abordagem dada a ele apenas sugere "os impactos pessoais para alguém que cometeu um crime em grande escala", sendo que o que Bernard Madoff foi muito mais complexo do que só arruinar a própria família.

Mesmo assim recomendamos que assistam para se deliciar com excelente atuações.

3,5/5

Um comentário:

  1. HBO GO Brasil é a plataforma que mais me serve para ver filmes ou séries, aí vou ver Esquadrao Suicida. A programação de HBO e bom. Sinceramente os filmes de ação não são o meu gênero preferido, mas devo reconhecer que superou minhas expectativas. Adorei está história, por que além das cenas cheias de ação extrema e efeitos especiais.

    ResponderExcluir