Crítica do filme "Carros 3"

7.7.17

Com uma volta às origens chega ao cinema "Carros 3" da Disney Pixar. O Acidamente Sensível já assistiu ao filme e conta um pouco sobre o que esperar.

CRÍTICA SEM SPOILERS

Conhecemos Relâmpago MacQueen (Owen Wilson) no primeiro filme e vimos sua ascenção ao estrelato como piloto da Copa Pistão. Muitos anos depois vemos que ele ainda é um vencedor e desenvolveu ótima amizade com outros corredores. Entretanto, com a chegada de Jackson Storm (Armie Hammer) e outros novos carros tecnológicos MacQueen e outros veteranos perdem espaço e muitos são forçados a parar. Será que isso acontecerá com o "decalque"?

Em "Carros 2" a franquia perdeu o rumo, o que foi um longa deveria ter sido um spin-off. Com o filme Brian Free conseguiu voltar aos eixos ao trazer o personagem de maior impacto: Relâmpago MacQueen. Agora ele enfrenta os obstáculos sem seu mentor, Doc Hudson, que faleceu assim como seu dublador, Paul Newman.

Nessa nova fase personagens são introduzidas e o maior destaque é Cruz Ramirez. Ela traz a proposta do empoderamento feminino e representatividade para a franquia que até agora não tinha nenhuma presença feminina expressiva.


Matte, o melhor amigo adorado por todo o público, tem um espaço restrito assim como todos os outros personagens conhecidos no primeiro filme. Isso foi pra agradar não só o público infantil atual, mas também aquelas crianças de 2006 que cresceram e precisam de uma história mais bem estruturada.

Quando o público pensa em filmes da Pixar sempre vem a mente histórias onde há uma reflexão emocional, Carros não tinha sido exemplo disso até agora. Na trajetória de MacQueen de autoconhecimento e de superação questões emocionais são retratadas, mas estão longe de serem profundas como as de "Divertida Mente" e "Toy Story 3".

A equipe de dublagem brasileira é integrada por dois nomes famosos da televisão: Fernanda Gentil e Giovanna Ewbank. Isso é uma tática muito comum de marketing em animações e dessa vez foi muito bem sucedida.

A fotografia do longa é belíssima, apresentando cenas muito coloridas e com paisagens que fazem o público questionar se aquilo realmente é uma animação. O que decepcionou foi a trilha sonora que foi quase que imperceptível.

"Carros 3" é uma homenagem a seu primeiro filme. Claro que foi limitado e está longe dos grandes nomes da Pixar, mas conseguiu cumprir a função de divertir e criar uma reflexão de que na vida as vezes te obriga a diminuir a velocidade, mas apenas você pode decidir parar.

A animação estreia dia 13 de Julho de 2017.

3,5/5


#DICADEAMIGA: Quer comprar na internet e ganhar descontos e ainda receber parte do dinheiro de volta? com o Méliuz isso tudo é possível! Se cadastre aqui. Não conhece e quer saber como funciona? Acesse aqui.

*Ajude o AS curta nossa página no FACEBOOK e doe pelo pagseguro o valor que quiser para manter nosso site funcionando*

0 COMENTÁRIOS:

Postar um comentário