Em coletiva de imprensa Michael Bay ignora críticas e se atenta aos números

12.7.17
créditos: Eduardo Martins | AG News

A convite da Paramount o Acidamente Sensível compareceu à coletiva de imprensa de "Transformers: O Último Cavaleiro" com a presença do diretor Michael Bay e da atriz Isabela Moner.

Anos atrás Steven Spielberg ligou para Michael Bay para contar sobre uma ideia. Ele queria fazer um filme sobre um garoto que descobre que seu carro é um robô. A princípio Bay achou que essa seria uma má ideia, mas após ir a Hasbro e conhecer sobre os Transformará em animes, o diretor reconsiderou a ideia. Dez anos se passaram e ele contou que a maior dificuldade da franquia foi conseguir manter o interesse do público por cinco longas.

A atriz Isabela Moner tinha apenas 6 anos quando o primeiro filme chegou aos cinemas e apenas com 9 os assistiu. Ela foi escolhida entre 400 candidatas com um vídeo gravado por seu celular em sua casa em Cleveland. Moner disse que o desafio foi maior do que imaginava, por conta das escala de cenas de ação onde há muitas explosões. Para a jovem, ela quer que sua personagem possa ser vista como uma heroína real e forte.

créditos: Eduardo Martins | AG News

Os filmes de Transformers são conhecidos por suas cenas de ação, isso porque Michael Bay quer levar suas obras para telas grandes, onde o público pode experimentar efeitos de som, imagem e sensações. Entretanto, isso é comprometido já que cada vez mais o cinema perde público por conta de pirataria, de plataformas - como a Netflix - e uso de dispositivos, como tlabets e celulares.

Bay despede-se da direção de Transformers com esse filme e já questionam sobre seus trabalhos futuros. A franquia "The Bad Boys" anunciou um terceiro filme, mas o diretor, apesar de comentar que foi uma experiência ótima, prefere focar em outros projetos.

Para quem não sabe ele foi indicado como "Pior Diretor" quatro vezes pelo Golden Raspberry Awards e conta com críticas negativas de importantes veículos como o New York Times. Quando questionado sobre isso ele respondeu calmamente "Você acha que eu me importo?", e explicou, "Não faço filmes para a imprensa mas, sim para entreter o público"

O diretor diz que não é afetado pelas críticas e nem as lê. Ele tem consciência que "Transformers: O Último Cavaleiro" terá um público menor que os outros, mas tem boas expectativas.

0 COMENTÁRIOS:

Postar um comentário