"NÃO BASTA ACREDITAR, TEM QUE ESTUDAR E SE DEDICAR MUITO", DIZ ALOK SOBRE SER DJ

13.9.17

Nossa equipe teve a chance de bater um papo com o Alok sobre suas influências musicais e como ele sente representando o Brasil no cenário musical internacional. Além disso Alok também revelou o que mais toca em sua playlist pessoal e deu dicas para quem quer ser Dj.

Confiram:

Acidamente Sensível: Quais são as suas principais influências musicais?
Alok: Meus pais, Pink e Floyd, Eric Prydz.

AS: O que mais toca na sua playlist pessoal?
Alok: Bob Moses, Drake, Kendrick Lamar, The Weekend, Harry Styles, French Montana, Future, Eric Prydz, Tender, Rufus.

AS: Como é para você representar o Brasil no cenário musical internacional?
Alok: Além de muita responsabilidade, é um sonho né?! É muito insano saber que minha posição é cheio de cobranças para que eu faça isso da melhor forma, na qual as pessoas se sintam satisfeitas de serem bem representadas. Espero estar fazendo isso bem (risos)!


AS: Qual é a sua principal dica para quem sonha em ser Dj?
Alok: Não basta acreditar, tem que estudar e se dedicar muito. É legal você fazer uma faculdade e se dedicar de maneira paralela para não se frustrar no futuro. Antes de querer ser Dj, você precisa se identificar com a música e ter a certeza de que é aquilo mesmo que você quer pra sua vida. Nenhum caminho é fácil, mas é necessário sempre insistir e se dedicar bastante.

AS: Teve algum lugar/país que você mais gostou de tocar? Se sim, qual e por que?
Alok: Hmm, quando fui a China pela primeira vez ou no Burning Man por exemplo, mas uma das mais inesquecíveis foi no Lollapalooza Argentina. São muitos lugares inesquecíveis, ficaria um dia todo listando todos (risos).

Vale lembrar que Alok estará na próxima edição do Festival Villa Mix, juntamente com grandes nomes da musica como as meninas do Fifth Harmony e muito mais. O Festival acontece em São Paulo no dia 7 de outubro.

0 COMENTÁRIOS:

Postar um comentário