27.11.17

CRÍTICA DO FILME 'JOGOS MORTAIS: JIGSAW'


Josh Stolberg e Pete Goldfinger, de 'Piranha 3D' e 'Pacto Secreto', roteirizam e James Wan (Invocação do Mal 1 e 2) e o roteirista Leigh Whannell, ambos do primeiro filme da franquia, fazem parte do longa, agora como produtores executivos.

LIVRE DE SPOILERS

Quando um suposto bandido em vias de ser capturado informa para os policiais que os jogos irão recomeçar, e corpos começam a surgir, o médico legista Logan Nelson (Matt Passmore) junto de sua atípica assistente Eleanor Bonneville (Hannah Emily Anderson), são chamados para realizar uma investigação ao lado dos detetives Halloran (Callum Keith Rennie) e Keith Hunt (Clé Bennet) com a intenção de capturar quem está por trás dos assassinatos.

No decorrer do filme, diversas hipóteses quanto a pessoa responsável pelos crimes são consideradas. Nos levando a suspeitar até mesmo dos policiais incumbidos do caso. Vale lembrar que este estilo de retratar as mortes e as investigações simultaneamente, são características peculiares e fiéis da franquia.


Jogos Mortais- Jigsaw vem com uma pegada menos sanguinária do que em relação aos filmes anteriores, o que não o faz pior. Em decorrência de poucas mortes, armadilhas menos elaboradas, cenas mais leves e computadorizadas, o longa optou por focar mais na história dos personagens, prezando pelo diálogo entre eles, do que propriamente nas mortes.O tom perturbador foi mantido criando uma atmosfera aterrorizante para o expectador que é a marca da franquia.

As atuações convencem sem grandes surpresas e Laura Vandervoort, nossa eterna Supergirl (Smalville) empolga e carrega o filme brilhantemente.  Tem seus erros de continuidade e furos mas, em um contexto geral consegue entreter e prender o público com seus reviravoltas. É aquele tipo de filme que você precisa prestar atenção nos detalhes para não se perder com o final.

Jogos Mortais: Jigsaw tem data de estreia no Brasil no dia 30 de Novembro


Nota: 3/5
Crítica escrita por: Bruno Santos
Correspondente do AS
Insta: @bhenriquee_

0 COMENTÁRIOS:

Postar um comentário