Crítica de filme: Um dia

7.1.12

Aproveitando o clima de ter acabado de ler o livro "Um dia" resolvi embarcar nessa história novamente, assistindo o filme originado do filme. Clique em leia mais e veja minhas impressões sobre o mesmo.




Não é sempre que um filme originado de um livro consegue transpor as ideias passadas pelo livro, e isso acaba fazendo com que muitas criticas ruins surjam é o caso do filme "Um dia" .  As cenas se tornaram massantes e sem algum sentimento. Os personagens perderam toda a essência que David Nicholls - autor do livro - nos deu. Sim, ele foi - em tese - fiel ao livro, porém cometeu inumeras gafes quando o assunto é fazer direito. O filme diferente do livro mostra seus personagens de uma forma muito confusa e desastrosa. O personagem de Jim por exemplo o mimado e impulsivo Dexter, se torna uma jovem imaturo e sem noção no filme. Emma a insegura mocinha inocente se torna uma mulher normal, e sem graça no livro.
Sem dúvida alguma o filme deixou muito a desejar. Não houve ênfase alguma nas cenas que deveriam ser as mais importantes, a doença de Alison - mãe de Dexter - a morte de Emma, e o jeito descontrolado de Dexter. São pequenas coisas e detalhes que a diretora  dinamarquesa "Lone Scherfigparece não ter se dado ao trabalho de notar , o que mais me chateou nesse filme foram as cenas jogadas ao vento. Coisas que simplesmente iam acontecendo sem razão nenhuma. Quem leu o livro tem um bom embasamento para assistir o filme, quem não leu assim que começar os créditos continuará olhando para a tela com a famosa "cara de ué" esperando uma continuação que explique de uma forma no minimo clara a história de Emma e Dexter. Realmente é triste, ver um livro que por muitos criticos de ponta já foi eleito um verdadeiro clássico moderno , se resumir a nada nas telonas. E pra quem ainda quer saber sobre a história do filme... O filme narra os altos e baixos na vida de dois amigos por acaso, Emma e Dexter, que somente após muitos anos perceberam que o que sempre procuraram - um amor verdadeiro  - estava ao lado - mas, o tempo já havia passado e quando pareria tudo perfeito entre os dois uma tragédia acontece, tirando assim toda a perspectiva de vida de Dexter ser feliz.

Minha nota:




8 comentários:

  1. Nossa, ao contrário de você eu simplesmente adoreei o filme, achei tão bom quanto o livro. Na minha opinião os personagens foram muito bem representados pela Anne e pelo Jim e conseguiram passar exatamente o que via de Emma e Dexter no livro, mas enfim, cada um com sua opinião né? rs'

    Depois passa lá no blog, ok?

    Bj;*
    Naty.

    ResponderExcluir
  2. Não posso opinar ainda, o livro está na minha lista e o filme será o próximo ^^

    ResponderExcluir
  3. Nossa, sério que foi tão ruim assim? caraca, eu estava na expectativa do filme conseguir transmitir a essência do livro, mas pelo visto a diretora não conseguiu.
    Mas ainda quero ver, só por causa da Anne...rs
    bjos

    Jack
    www.mybooklit.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. eu amo a anne por causa dela que eu li o livro e vi o filme, mas nao gostei da atuação.

    ResponderExcluir
  5. Qnd eu vou fazer uma resenha sobre algum filme, eu verifico as outras criticas pra ver se nao sou eu falando abobrinha, mas ng gostou do filme.

    ResponderExcluir
  6. Ainda não li o livro, mas assisti o filme! De fato, fiquei meio perdida na história dos dois, por conta das cenas que na minha visão parecia ser muito ao caso.. e algumas vezes fiquei meio "Oi? Oo" rsrs. Felizmente, ganhei o livro de Natal da minha melhor amiga, e pretendo tirar essa imagem ruim que ficou na minha mente... rsrs
    Beijos, Ann G. anngominho.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. k, viu eu disse, o povo lê o livro e acha que o filme ta bom, mas e quem nao leu? rs

    ResponderExcluir
  8. eu não vi nem o filme e nem li o livro mais quero muito ler o livro

    ResponderExcluir