Resenha: Como se livrar de um vampiro apaixonado

5.2.12
Estou lendo

Autora: Beth Fantaskey
Editora: Sextante
Páginas: 299
Nota: 10


Desmotivada. Essa é uma palavra que resume bem meu estado de espirito quando comecei a ler "Como se livrar de um vampiro apaixonado", mas a história tão despretensiosa do inicio do livro acabou me prendendo e eu só desgrudei quando o finalizei. Assumo que já tem alguns dias que o separei para ler, mas de fato iniciei sua leitura apenas hoje, e ele foi mais um dos livros que acabei em um dia. O jeito como Beth Fantaskey narra é muito intrigante. Ela escreve de um jeito simples que te prende na obra. Fora que a história é bem diferente do que eu imaginava pelo titulo do livro. Eu achava que seria um livro de humor sobre um vampiro super "moderninho" e chato que se interessava por uma menina normal, que não sabia o que fazer para dispensá-lo. Achei que seria um livro que me tiraria várias risadas, e de fato ele me tirou algumas. Porém me fez chorar, me fez temer e me fez compartilhar muitas outras sensações com Jessica Packwood ou Antanasia Dragomir, seu antigo nome. Jéssica levava uma vida pacata e sem graça, seus pais - adotivos - são vegetarianos, e ela nunca teve muita curiosidade sobre sua origem. Até que conhece o misterioso e sedutor Lucius, o aluno novo que havia vindo da Romênia. Jéssica tinha seu pé atrás quanto a Lucius, já Mindy sua melhor amiga já tinha se deixado levar aos encantos de Lucius. Páginas e mais páginas se passam, e finalmente Jéssica descobre segredos sobre seu passado, e sobre sua verdadeira origem. Jéssica que sempre fora racional e cética, se depara com fatos que nem mesmo a ciência pode explicar, o que a deixa confusa e amedrontada. O que mais me encanta no livro inteiro é os vampiros criados por Beth, são vampiros tão comuns, tão palpáveis, sem hábitos estranhos, sem aversão ao sol... Pessoas praticamente comuns, porém ela não deixa de ressaltar a sensualidade e o poder que todo vampiro transmite apenas com um olhar. É uma leitura que eu recomendo por ser de fácil compreensão e ter uma história cheia de reviravoltas, ela te engana o tempo inteiro. Quando você acha que já sabe qual vai ser o fim, Beth dá um nó em seu cérebro, te mostrando que você não sabe nada e que deverá ler até o fim. Uma leitura deliciosa e intrigante te espera nesse livro. Que sem dúvida alguma merece nota 10. Apesar de conter um certo clichê romântico,"daqueles que o amor tudo suporta " e a tão comum citação ao livro "O morro dos ventos uivantes" , Beth faz com que o clichê seja completamente suportável. Mas, também o que seria da vida sem os clichês? Clichês são importantes e saudáveis.

Parte mais marcante do livro para mim?
"Quando enfim Lucius crava suas presas em Antanasia"

Trecho mais marcante para mim:
" Além disso é linda Vasile . Ou seria, se não tentasse com tanto empenho esconder isso. Se ao menos acreditasse que é linda." Página 70.


7 comentários:

  1. Adorei a resenha Djeninha \õ/ . Sou louca para ler esse livro, mas nunca tenho grana para comprar -q .

    beijos,

    Cantinho de uma garota
    @thalita0liveira

    ResponderExcluir
  2. Muuuuuuuuuuuuuito obrigada pelo elogio linda, vou te seguir no twitter e já sigo seu blog :)

    ResponderExcluir
  3. Amei a resenha, deu vontade de ler ...

    ResponderExcluir
  4. Ahh, eu quero tanto esse livro!
    Sério, tbm imaginei a historia diferente, mas mesmo assim parece ótima.

    Dragomir? É o sobrenome de uma personagem de Vampire Academy. Sei lá, nunca tinha visto esse nome em outro livro! Adorei a resenha.

    Sim, passei na Unifesp. rs.... brigadão!

    Beijocas

    ResponderExcluir
  5. AAAh que legal, é mesmo é o mesmo sobrenome da Lissa, do academia de vampiro.

    ResponderExcluir
  6. Sempre achei o título desse livro meio bobo e nunca me interessei nem mesmo em ler resenhas a seu respeito. Mas mudei de ideia e tive uma grata surpresa. Adoro livros de vampiros, meus personagens fantásticos preferidos e senti uma certa referência a Drácula, quando Lucius usa cartas para se comunicar. Gostei muito do fato dos vampiros seguirem a lenda, acho importante manter a fidelidade do mito. E ponto extra para essa mocinha cheia de personalidade e curvas. E viva as cheinhas!!!!!!!!!!

    Adriana Medeiros

    Minha Velha Estante

    minhavelhaestante1.com.br

    ResponderExcluir