26.12.12

Crônicas de um amor perfeito #10

Tumblr_mfl72ywxug1rkn5cso1_500_large
Caminhava sem rumo e completamente sem vontade. Eram 18:00 e eu havia acabado de sair do meu serviço, a chuva engrossava cada vez mais e parecia que o céu estava desabando. Finalmente encontrei uma pequena cobertura onde poderia ficar debaixo e quem sabe assim me livrar um pouco da chuva. Alguns minutos se passaram e eu ainda estava em baixo da cobertura quando a chuva insistia em cair e um rapaz desconhecido ficou parado ao meu lado. O olhei sem entender o que fez ele sorrir.
- Sou o Kevin.- disse sorridente.
Fiquei em silêncio e sem perceber comecei a contar as gotinhas de chuva que estavam caindo sobre meus pés.
- Eu ... É... Será que você poderia olhar pra mim? - perguntou o rapaz.
Sem vontade o olhei. 
- Obrigado. - disse sorrindo e logo completou - Você foi o meu primeiro amor sabia?

- Eu? Mas, eu nunca te vi na vida e...
De repente o rapaz completamente desconhecido me tomou em seus braços e começou a me beijar. No início não correspondi e fiquei parada, depois acabei cedendo, afinal não tinha nada a perder. Depois de me beijar o rapaz sorriu. Percebi que a chuva havia passado e até um pequeno sol estava querendo sair.
- Eu não fui seu primeiro amor não é?
- Ainda não. - respondeu sorrindo e saindo de perto de mim.

Uma vez me perguntaram se os textos dessas minhas crônicas já haviam acontecido comigo. Bem, esses textos são apenas fruto da minha imaginação fértil que mistura minha realidade com fantasia.

3 comentários:

  1. Nunca tinha lido um crônica sua e acabei adorando essa u.u terminei de ler rapidinho e agora estou ansiando por mais dessas crônicas apaixonantes! Espero que você continue escrevendo e queria dizer também que passei a visitar seu blog com mais freqüência

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom q gostou querida kkk :)

      Vou ficar esperando suas visitas então hein?

      beiijinhos

      Excluir
  2. Que incrível o primeiro capítulo. Com certeza foi acompanhar, estou super ansiosa pro próximo.

    blogdapaulla.blogspot.com.br

    ResponderExcluir