10.10.16

Cinemark e Omelete exibem "Batman: O Retorno da Dupla Dinâmica" | Confira nossa crítica


A rede Cinemark e o Omelete se unem novamente, três meses após a exibição de “Batman: A Piada Mortal”, para apresentar “Batman: O Retorno da Dupla Dinâmica”. O filme será apresentado em sessão única hoje segunda-feira (10), às 20h. Os ingressos estão à venda no local ou pelo site www.cinemark.com.br, por R$40 a inteira e R$20 a meia entrada.

A duração da animação é de 78 minutos, e a classificação indicativa é de 10 anos. Legendado, ele terá as vozes originais da série de televisão da década de 1960. Em Goiânia, somente o Flamboyant Shopping receberá o longa, na Avenida Deputado Jamel Cecílio, Jardim Goiás. Assista ao trailer:



Nossa equipe foi conferir na sessão especial para imprensa a convite do Cinemark, veja o que achamos:

LIVRE DE SPOILERS

Pinguim, Charada, Mulher-Gato e Coringa estão trabalhando juntos e a dupla dinâmica retorna para impedi-los. Durante a Guerra Fria houve a corrida espacial e um desenvolvimento tecnológico intenso, onde muitas armas foram criadas, como por exemplo o Raio Replicador.

Os maiores vilões o  roubam e Batman os localiza em uma fábrica de comida fechada nos arredores de Gotham. Ao enfrenta-los, Batman é infectado pela “erva do morcego”, uma poção criada pela Mulher-Gato para que ele a obedeça e para que ele não respeite seus próprios valores íntegros, num primeiro momento a erva parece inofensiva. 

Batman e Robin seguem os quatro vilões para fora da fábrica, mas eles parecem ter desaparecido. Após procurar pela cidade de Gotham e seus arredores, Batman e Robin descobrem seu paradeiro e os seguem até a Estação Espacial abandonada. Lá eles descobrem que o Raio seria usado para replicar o planeta Terra. 

Esta divertida animação produzida em 2D — o estilo clássico — é uma volta ao passado para todos aqueles que assim como eu, são fãs do homem-morcego. 

Baseada na série dos anos 60 traz tudo o que encantou aos fãs do antigo seriado. Trajes clássicos, as ferramentas extravagantes como binóculos em forma de morcego, spray-nocaute e é claro, o clássico Batmóvel preto e vermelho.

Os diálogos lembram muito o estilo que era comum nos anos 60, que transmitem ensinamentos do politicamente correto ao espectador junto a piadas. Também são utilizados os balões de fala, comuns em quadrinhos e que eram a marca das cenas de ação do seriado.

5/5

*crítica escrita pela correspondente Natália Hernandez

0 COMENTÁRIOS:

Postar um comentário