Descrição

Sejam bem vindas ao seu portal feminino de notícias sobre cinema, livros e cultura pop. Recheado de dicas de comportamento e cobertura de eventos, sempre de um jeito ácido porém sensível!

Facebook

Curta nossa página no Facebook

Twitter

Acompanhe o nosso Twitter

Youtube

Inscreva-se no nosso canal
Inscreva-se
29/12/2016

Critica do filme "Dominação" (Incarnate)


LIVRE DE SPOILERS

Ember (Aaron Eckhart) possui um dom paranormal: Ele pode entrar dentro do sonho de pessoas possuídas por demônios. Dom que ele usa para procurar por "Maggie" uma entidade que foi responsável pela tragédia que levou seu filho e sua esposa e o deixou numa cadeira de rodas. Contando com a ajuda de Riley e Oliver, dois góticos que auxiliam na "transmissão" de Ember do mundo real para o mundo dos sonhos, o exorcista investiga a possessão de um garoto de nove anos que pode estar sendo o hospedeiro de Maggie.

A partir dessa premissa, o filme poderia ter contado uma história incrível e empolgante sobre um exorcista cadeirante que luta contra diversas entidades. Uma história assustadora repleta de sustos e reviravoltas.


Bem, não foi isso que aconteceu. São diversas falhas que acompanharam o desenrolar do filme. Falhas na história e falhas de produção, a começar pelos personagens que são pouquíssimo cativantes e muito mal desenvolvidos. O público não consegue ter compaixão por Ember por conta de sua história ter sido contada de forma rasa, e os outros "protagonistas" estão mais preenchendo vagas do que sendo relevantes na história. O filme não assusta, não anima, e infelizmente o baixo orçamento afetou a produção fazendo um filme com péssimos efeitos especiais, repleto de coisas furadas e que no final não levam a nada. 

Num geral o longa se resume a isso: nada de relevante acontece. O final é misterioso e talvez a única parte levemente interessante do filme. Mas assistam por conta própria e tirem suas próprias conclusões, e não se preocupem, são poucos os sustos que o filme dá.

O filme estreia dia 5 de janeiro.

Nota: 2,5/5

0 COMENTÁRIOS:

Postar um comentário