Pesquisar este blog

Slide

"Pequena Grande Vida" com Matt Damon traz reflexão sobre a vida | Crítica


O filme da vez é "Pequena grande vida",e trata-se de uma mistura de drama e ficção científica que aborda o problema de super população do planeta em que a solução encontrada foi encolher todo mundo.

Cientistas desenvolveram uma tecnologia que tornou possível reduzir o tamanho de um ser humano comum até aproximadamente 12 cm de altura sem qualquer dano à sua saúde. A partir da distribuição em grande escala dessa tecnologia, conhecemos nosso personagem principal Paul Safranek (Matt Damon), um terapeuta ocupacional que vê a possibilidade de participar de uma comunidade de pessoas encolhidas como uma chance de mudar de vida com sua esposa Audrey (Kristen Wiig). A partir disso a trama se desenvolve relatando todos os prós e contras de se viver em uma sociedade miniatura.

Matt Damon conseguiu atingir as expectativas de atuação, gerando empatia e passando com clareza as emoções, angústias e reflexões do personagem. Kristen Wiig é Audrey Safranek, personagem com grande importância para o desenvolvimento do filme, pois é a partir de uma decisão tomada por ela que a trama muda de rumo. Audrey representa os medos e questionamentos que poderíamos ter vivendo a experiência de encolhimento. 

A personagem que mais se destaca no filme é Ngoc Lan (Hong Chau), uma excêntrica vietnamita, muito engraçada e espirituosa, cativa o público fazendo a diferença no filme, ajuda Paul a conduzir a trama.
 

O filme ainda conta com uma pequena participação de Neil Patrick Harris (Barney em How I Met Your Mother), seu personagem Jeff Lonowski é apresentador de uma palestra que tinha como objetivo mostrar todas as vantagens de se tornar uma pessoa encolhida numa das cidades miniatura, Lazerlândia.

Os efeitos especiais são utilizados nas cenas em que há interação entre as pessoas encolhidas e a população de tamanho normal. O trabalho de computação foi bem feito, passando a real sensação de terem atores em miniatura contracenando no set, mas são poucas cenas que isso acontece ao longo filme, deixando um gostinho de quero mais.

 A trilha sonora é básica, ajuda os personagens a expressarem o sentimento passado na cena, mas sem grandes destaques. Pequena Grande Vida é um filme que traz muitas reflexões passando pela forma do homem lidar com a natureza e a ciência e chegando até em complexos problemas sociais como a distribuição de recursos básicos, tudo isso de uma forma leve e engraçada, um bom filme para assistir em algum passeio despretensioso ao shopping, te fazendo pensar sobre assuntos sérios sem deixar o clima pesado.

Nota:3,5
Distribuição: Paramount
Estreia: 22 de fevereiro de 2018

*Crítica escrita pela colaboradora Tainá Ferreira @taicavalcant

No facebook

>> Acompanhe também

No Youtube

>> Vídeo novo toda semana

Vídeo

Vídeo

Vídeo

No Spotify

>> Ouça as nossas playlists no spotify