Slide

Filme "Tudo por um Popstar" com Maisa Silva chega aos cinemas e é uma delicinha!


Tudo por um Popstar é o terceiro livro de Thalita Rebouças adaptado para o cinema. Após as produções de É Fada e Fala Sério,Mãe! a produtora Panorâmica investiu em mais uma história teen. Bruno Garotti, mesmo diretor de Eu Fico Loko e Amor.com, dá vida a história junto com Thalita Rebouças, que ajuda na criação do roteiro.

No filme acompanhamos Gabi (Maisa Silva), Ritinha (Mel Maia) e Manu (Klara Castanho), três amigas inseparáveis e muito fans da banda Slavabody Disco Disco Boys, que enlouquecem após descobrir que a boyband irá tocar no Brasil. O único problema é que os garotos irão se apresentar unicamente no Rio de Janeiro, e agora elas precisam convencer seus pais a bancar a viagem para capital. É nessa parte que Gi Lancellotti entra como Babette, a prima mais velha e meio louca de Manu, que tenta provar aos pais das meninas que é responsável o bastante para acompanha-las na viagem.

As três personagens principais funcionam muito bem juntas, a química das garotas é natural e traz mais dinâmica para o filme. Gi Lancellotti representa bem a prima meio desligada, resultando em momentos bem divertidos na história, principalmente na cena em que ela sobe no palco com a banda durante o show. Infelizmente, a boyband não tem tanta participação na história, com exceção de João Guillheme, que por o único brasileiro fica responsável pelas falas do trio todo. 


E ainda vemos Felipe Netto em uma interpretação meio que de si mesmo, pois ele dá vida a um YouTuber que odeia os Slavabody, e por isso decide fazer um concurso para presentear três dos seus inscritos com credenciais vip. Para participar, as meninas fazem um vídeo sobre o amor pela banda e conseguem os ingressos para o show, mas a partir daí os problemas só começam a aparecer.

Os clichês existem, como o trio de garotas malvadas e implicantes da escola. Alguma vezes as atuações podem parecer um pouco exageradas, mas de modo geral o filme brinca o tempo todo com a expectativa do público, fazendo com que muitas situações que pareciam fácies demais, se mostrem completamente diferentes. Duas cenas que envolvem efeitos especiais, são um pouco irreais e poderiam ter sido substituídas por outras alternativas mais coerentes para a história. Toda a ambientação do filme é muito bonita. Os quartos das meninas são repletos de posters, revistas e até versões da banda em tamanho real. Sem contar os figurinos, que representam perfeitamente a personalidade de cada um dos personagens. A trilha sonora ainda conta com uma musica composta pela Thalita Rebouças exclusivamente para a história.

Tudo por um Popstar é uma comédia leve e divertida, que apesar de um pouco exagerada, mostra a importância da amizade e acerta na representação do público mais jovem, que sabe muito bem como é todo o amor e a vida de um fã.

Nota: 3,5/5
Estreia: 11/10

No facebook

>> Acompanhe também

No Youtube

>> Vídeo novo toda semana

Vídeo

Vídeo

Vídeo

No Spotify

>> Ouça as nossas playlists no spotify