Pesquisar este blog

Slide

Filme "Homem-Aranha no Aranhaverso" oferece o melhor de seu personagem


Miles Morales é um jovem negro do Brooklyn que se tornou o Homem-Aranha inspirado no legado de Peter Parker, já falecido. Entretanto, ao visitar o túmulo de seu ídolo em uma noite chuvosa, ele é surpreendido com a presença do próprio Peter, vestindo o traje do herói aracnídeo sob um sobretudo. A surpresa fica ainda maior quando Miles descobre que ele veio de uma dimensão paralela, assim como outras variações do Homem-Aranha.

O protagonista conquista a empatia e o interesse do público em seus minutos iniciais, assim como seu antecessor Peter Parker, justamente pela simplicidade e pelo fácil reconhecimento das situações cotidianas e nos seus relacionamentos interpessoais, com o diferencial de estar inserido em situações e debates atuais, conquistando naturalmente o posto como o Homem-Aranha de nosso presente e futuro, o Homem-Aranha que essa geração precisa e se identifica.

A produção idealizada Phil Lord e Christopher Miller entrega uma produção única e totalmente dinâmica, com material gráfico distinto e de personalidade, sabendo unir de maneira criativa e sucinta todo o universo aracnídeo – desde seu material original das HQs ou do universo cinematográfico, não deixando de lado também o papel que Homem-Aranha desempenha na sociedade e na cultura popular, englobando até mesmo memes, mostrando a importância de conhecer o seu público e mercado – resultando assim em um trabalho original e de qualidade,tornando-se facilmente um dos melhores filmes temáticos do aranhaverso. 


A animação sabe brincar com os diversos universos que são apresentados e com suas personagens, trazendo uma mistura interessante e distinta, sabendo criar algo singular mesmo que respeite todas as suas individualidades. Visualmente falando, Homem-Aranha no Aranhaverso é impecável, resultando numa experiência incrível de se assistir – e praticamente impossíveis de se descrever, junto de um roteiro simples mas que não abandona elementos essenciais, sabendo criar situações cômicas mas também emocionantes, proporcionando ao público uma catarse, entretanto não de maneira épica como o termo sugere, mas de maneira humana e sensível, no melhor que um drama adolescente pode oferecer.

A trilha sonora, que inclui artistas como Post Malone, Nicki Minaj, Lil Wayne e Ty Dolla Sign, desempenha o acabamento da obra, juntando todos os elementos de maneira excelente, especialmente por entender a diversidade retratada, seja de maneira direta ou indireta, na trama. Proporcionando uma conquista tão agradável fazendo que a experiência não se restrinja apenas ao cinema, mas acompanhe o público no mundo exterior.


Homem-Aranha no Aranhaverso’ demonstra que ainda é possível criar um material inovador e criativo em um gênero tão farto de obras e de fórmulas óbvias – mesmo que divertidas – e que agrade o público que já conhece esses personagens, mas também aqueles que estão tendo contato pela primeira vez, em uma narrativa descontraída e bem escrita, que sabe ousar na medida certa e que, ressaltando, conhece o seu público e abraça a diversidade do mesmo de maneira sensível e habilidosa, proporcionando um filme distinto e único, uma obra memorável.

Nota: 5/5
Distribuição: Sony
Estreia: 10/01

No facebook

>> Acompanhe também

No Youtube

>> Vídeo novo toda semana

Vídeo

Vídeo

Vídeo

No Spotify

>> Ouça as nossas playlists no spotify