28.7.16

CRÍTICA DO FILME: CAFÉ SOCIETY


A convite da Imagem Filmes nós já assistimos o filme "Café Society" o longa estreia no Brasil dia 25/08,  confira a crítica da Pamela Thuane correspondente do blog livre de spoilers:

O longa é escrito e dirigido por ninguém mais, ninguém menos do que o ilustre Woody Allen. Sim,  acreditem ele não para!  

Café Society conta a história do jovem nova-iorquino Bobby Dorfman que decide tentar a sorte em Hollywood pedindo emprego ao famoso e ocupadíssimo Tio Phil, agente de estrelas de cinema. Depois de esperar a boa vontade do seu tio de lhe atender,  Bobby começa a fazer pequenos trabalhos e afazeres no escritório e Phil pede gentilmente que sua bela secretaria Vonnie se encarregue de mostrar a cidade ao ingênuo rapaz. Fica óbvio que Bobby se apaixona pela educada, bonita e gentil Vonnie. 


Bobby começa a entrar no mundo das estrelas e fica bastante impressionado e ao mesmo tempo frustrado com o que viu sobre o modo de vida hollywoodiana. Quando Bobby decide que vai pedir a mão de Vonnie em casamento,  ele descobre um segredo que abalará a relação do casal

O filme tem momentos cômicos e dramáticos  e o que mais me chamou a atenção foi a estética que é bastante Vintage,  pois se passa nos anos 1930. As mulheres com vestidos belíssimos, cheios de brilhos, pérolas e penas e os homens com ternos luxuosos e requintados. 

No elenco principal estão grandes nomes como Kristen Stewart (A saga crepúsculo), Jesse Eisenberg (Truque de Mestre 2), Blake Lively e Steve Carell. Preciso destacar a atuação de Jesse e Steve,  ambos se entregaram aos papéis de forma que você fica indeciso em escolher qual é o seu preferido. 

Sobre a atuação da atriz Kristen Stewart:  há raros momentos em que vemos firmeza nas falas,  mas mesmo assim eu fiquei satisfeita,  pois vemos que Kristen e Vonnie tem algo em comum,  como o fato de ambas serem jovens que ingressam no mundo dos famosos e tem sua vida mudada drasticamente devido a exposição no meio artístico.

3/5

0 COMENTÁRIOS:

Postar um comentário